terça-feira, 24 de maio de 2011

Brasil sob PLC 122: uma previsão para fazer rir e chorar

Julio Severo

Como será o Brasil com o PLC 122 aprovado? Os ativistas gays dizem que será um país em que homens que fazem sexo com homens terão apenas igualdade de direitos. A nova versão da lei anti-“homofobia” vai banir da internet, televisão, rádio, jornais e locais públicos toda opinião negativa contra o homossexualismo, mas Marta Suplicy, atual relatora do PLC 122, garante que vai defender a liberdade de os religiosos poderem falar contra o homossexualismo pelo menos dentro do templo de suas igrejas.
Imaginemos agora o Brasil sob essa nova modalidade de “liberdade” de expressão:
Rede Imbróglio Global de Televisão apresenta debate sobre Bíblia e homossexualidade — porque homossexualismo foi banido do vocabulário nacional, por ser considerado “preconceituoso”.
Apresentador Tony Sabão: “Boa noite, senhoras e senhores. Temos aqui hoje no nosso debate dois pastores gays, que irão nos explicar o que Deus pensa sobre o amor entre iguais. Boa noite, Pr. Desmunhecanca. Boa noite, Pr. Trejeitoso”.
Pr. Desmunhecanca: “Boa noite! É um prazer voltar ao seu programa. Uau, amei! É sempre bom voltar aqui, pois temos sempre muitos frutos... e “frutas”, claro, hahaha! Muita gente da audiência, sem conhecimento do assunto gay, nos procurou em nossas igrejas. Bombou! Um a-rra-so! Amém!”
Pr. Trejeitoso: “Boa noite, Toninhuu.... tudo bom contigo, linduu?”
Tony Sabão: “Minha primeira pergunta é: Por que Deus criou a homossexualidade?”
Pr. Desmunhecanca: “Essa é mais uma das várias formas de amor. Deus fez o mundo colorido. E assim interpretamos a simbologia do arco-íris. Nada daquele papo cafonééérrimo de dilúvio, promessa para Noé, e tal. Mas sim, as mil e uma formas de amor. GLBTZKXUY69K24QABC, etc...”.
Pr. Trejeitoso: “Isso! Deus disse que o homem deixaria seu pai e mãe e se tornaria uma só carne com o outro. Essa é a nossa interpretação oficial”.
Tony Sabão: “E há alguma outra interpretação diferente?”
Pr. Trejeitoso: “Sim, tem, mas deixa pra lá! Já era... Hoje são novos tempos, e novos tempos, vocês sabem, requerem nova teologia. Podemos dizer que a teologia foi liberta de suas fobias e se tornou inclusiva e mais aberta, mais relacional, se é que você me entende, amore...”
Tony Sabão: “Bacana! Nossa drag-repórter Espalhafatona está, conforme estipula a legislação, dentro de um templo para entrevistar um pastor linha-dura de uma igreja de extrema-direita hidrófoba-fundamentalista-raivosa, para saber a opinião dele sobre o motivo por que Deus criou a homossexualidade”.
Repórter Espalhafatona: “Pr. João, pode nos dar sua opinião?”
O pastor cochicha ao ouvido da repórter.
Tony Sabão: “Que cara de nojo é essa, Espalhafatona? O que foi que o pastor disse?”
Espalhafatona: “Tony, a legislação realmente permite a opinião — arghh! — dele aqui dentro do templo, mas como estamos ao vivo e no microfone, ele não tem proteção. Ele me confidenciou sua visão. Horrorosa! Credo! Só posso te contar ao ouvido, bem discretamente, quando chegar à emissora”.
Tony Sabão: “Obrigado, Pr. João, por sua participação, e deixamos claro que nossa emissora, conforme a legislação, sempre lhe dará liberdade de cochichar ao ouvido de nossos jornalistas suas posições dentro de seu templo. Longe de nós censurar o debate plural e livre! Boa noite!”
Pr. Trejeitoso: “Só para finalizar, Toninhu lindu, quero informar para sua galera televisiva que nossa igreja agora conta com uma moderna e equipada sauna, com atendimento ultra-personalizado! Beijinhusss!”
Tony Sabão: “Conforme a lei vigente e para ajudar o governo no combate à ‘homofobia’, estamos, Pr. Desmunhecanca e Pr. Trejeitoso, transmitindo sua mensagem pela TV, rádio e internet, garantindo que o público seja impactado de forma positiva por suas palavras que representam o verdadeiro evangelho da inclusão. Esperamos que seu evangelho liberte muitos da ‘homofobia’. Boa noite a todos, em nome da Rede Imbróglio Global de Televisão, a rede da diversidade da família brasileira!”
Outro cenário do Brasil sob o PLC 122:

Professora na sala de aula: “Crianças, acabamos de assistir ao vídeo oficial do MEC de um lindo casal de meninos se beijando. Quantos aqui são a favor da homossexualidade?” Todas as crianças levantam a mão — menos um menininho.
Imediatamente, a professora o encaminha à psicóloga de diversidade sexual da escola. Em seguida, seus pais são convocados para se apurar o motivo por que o garotinho não levantou a mão. Os pais dizem que só podem dizer o motivo dentro do templo de uma igreja. A diretora grita: “Olha, esta escola por acaso tem cara de igreja? Na igreja, vocês façam o que quiserem. Mas aqui é escola! Aqui fazemos o que o governo manda! Ou vocês decidem corrigir agora mesmo essa situação ou o garoto vai ter de passar por um programa de reeducação. O Conselho Tutelar já foi acionado para investigar o comportamento estranho do menino, e a forma como vocês o educam. Decidam agora o destino de vocês!”
Brasil antes do PLC 122:

Antes que mais tarde decidam a sua vida e a vida de seus filhos, decida hoje:

Nenhum comentário:

Postar um comentário