quarta-feira, 22 de junho de 2011

Garotinho apoia juiz que contrariou STF sobre união gay e fala em "desobediência santa"

Na manhã desta quarta-feira, o juiz que contrariou o parecer do STF sobre a união estável entre homossexuais e anulou o registro de um casal, em Goiania, deu declarações na Câmara dos Deputados.

Ele afirmou que foi Deus quem o fez agir daquela forma. "Deus me incomodou, como que me impingiu a decidir", disse o juiz Jeronymo Villas Boas. Ele foi convidado a falar, em um ato das frentes parlamentares Evangélica e da Família e de lideranças evangélicas, em sua defesa.

O deputado Anthony Garotinho declarou seu total apoio ao magistrado, na Câmara. "Essa desobediência santa nos inspira", afirmou ele. Nesta terça-feira o Tribunal de Justiça de Goiás anulou a decisão do magistrado, contrária ao parecer do STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário